Home | Clínica | Localização | Contato
 
 

Distoclusão tratada com Ortopedia Funcional dos Maxilares, vista através da Reabilitação Neuro-Oclusal

Painel Científico do CIOSP - 01/2006 e Prata da Casa ABFCOC - 08/2006 

Clique aqui e confira o Painel de Distoclusão tratada com Ortopedia Funcional dos Maxilares, vista através da Reabilitação Neuro-Oclusal

Objetivos

As discrepâncias esqueléticas sagitais podem ser tratadas com a ortopedia funcional dos maxilares em momento oportuno do crescimento e desenvolvimento. As forças naturais utilizadas na terapêutica são as de crescimento e desenvolvimento, erupção dental, postura de língua e de mandíbula, direcionando o ajuste das bases ósseas através de estímulos neurais, mudança de postura e mudança de postura terapêutica. O caso clínico, de disto-oclusão, com apinhamento dental foi tratado exclusivamente com Ortopedia Funcional dos Maxilares vista através da Reabilitação Neuro Oclusal.

Material e Método

Paciente de sexo feminino com 10anos e 8meses, com disto-oclusão, atresia maxilo-mandibular, sobremordida e apinhamento dental tratado com aparelhos ortopédicos funcionais bioplásticos: Pistas indiretas Planas Compostas e Pistas Indiretas Planas Simples; e bioelásticos: Simões Network 1 e Equilibrador do plano oclusal de Planas em diferentes momentos do tratamento.

Resultados

Com tempo de tratamento de aproximadamente 3 anos os resultados demonstram na análise fotográfica extra-bucal, a melhora do terço inferior da face no sentido vertical e sagital. Na análise fotográfica intra-bucal, o engrenamento dental em normo-oclusão com correção da mordida profunda e do apinhamento dental. Radiograficamente ficam evidentes o ganho vertical posterior e crescimento efetivo da mandíbula.

Na análise de modelos Gnatostáticos, Simetrografados e Calcografados de Planas observa-se o ganho do perímetro transversal maxilo-mandibular e o posicionamento da base óssea inferior.

Conclusão

A estética é conseqüência do equilíbrio funcional conquistada pela terapêutica ortopédica funcional dos maxilares.